PUBLICIDADE
Geral
Noticia de: 08 de Fevereiro de 2018 - 12:58
Carteira de trabalho: mais 26 mil trabalhadores terão acesso ao documento.
Mais 26 mil trabalhadores terão acesso ao documento


 
 

 
 


Termos de cooperação técnica firmados com o Ministério do Trabalho viabilizarão atendimento em municípios de MS, MG, PI e RS

 

Mais 26 mil trabalhadores serão beneficiados com os termos de cooperação técnica firmados entre o Ministério do Trabalho (MTb) e 11 municípios de Mato Grosso do Sul, Piauí e Rio Grande do Sul. As parcerias devem viabilizar a emissão do documento em Sete Quedas (MS), Paulistana (PI) e São Gonçalo do Gurgueia (PI) e Ibiraiaras (RS) e Salto do Jacuí (RS).

 

Além disso, a Superintendência Regional do Trabalho de Minas Gerais (SRT-MG) renovou acordos de cooperação técnica com seis municípios –Andradas, Borda da Mata, Maria da Fé, Santa Bárbara do Monte Verde, Sapucaí-Mirim e Tupaciguara –, para continuar atendendo aos trabalhadores dessas localidades. O objetivo é descentralizar o serviço de emissão de carteiras de trabalho.

 

“Esses termos de cooperação são importantes porque facilitam a vida do trabalhador. Quem precisar fazer a carteira de trabalho terá um serviço mais prático e ágil, pois conseguirá solicitar e receber seu documento sem se deslocar para outro município”, explica o superintendente regional do Trabalho de Minas Gerais, João Gontijo.

 

Documentos necessários – Para fazer a carteira pela primeira vez é necessário apresentar os seguintes documentos: CPF, comprovante de residência, carteira de identidade e certidão de nascimento ou casamento. Quem já fez o documento e precisa da segunda via deve ter em mãos a carteira anterior ou boletim de ocorrência (em caso de furto, perda ou roubo), um documento que comprove o número e a série da carteira anterior (pode ser Termo de Rescisão do Contrato de Trabalho, Requerimento de Seguro-Desemprego, Extrato do FGTS ou Espelho do PIS ativo na Caixa Econômica), CPF, comprovante de residência, carteira de identidade e certidão de nascimento ou casamento. A foto é feita na hora e todos os documentos devem ser originais ou cópias legíveis, autenticadas em cartório.

 

principal  |  voltar  |  imprimir

Últimas Noticias

.
19/09/2018 - 10:47  Leilões para "limpar" pátios de delegacias arrecadaram R$ 7 milhões
19/09/2018 - 10:43  Governo divulga resultado da prova de digitação do concurso da Polícia Civil
18/09/2018 - 09:41  Primavera será de calorão e muita chuva em MS, prevê meteorologia
17/09/2018 - 14:29  Durante temporal mais de 4.320 raios atingiram Mato Grosso do Sul
14/09/2018 - 10:25  Governo convoca 251 aprovados para curso de formação da Agepen
14/09/2018 - 10:04  Obras não avançam, mas tarifa de pedágio aumenta R$ 0,10 hoje
13/09/2018 - 14:15  MS tem dois municípios entre os 20 maiores produtores de soja do país
13/09/2018 - 11:10  Estratégica para escoar produção, hidrovia retoma investimentos
13/09/2018 - 11:06  Pelo 4º dia seguido, MS tem cidade entre as mais quentes do Brasil
13/09/2018 - 10:25  Por maioria, STF não autoriza prática do ensino domiciliar
13/09/2018 - 10:09  Trabalhador nascido em setembro já pode sacar abono salarial 2017.
12/09/2018 - 14:29  Mega-Sena sorteia hoje prêmio de R$ 28 milhões
12/09/2018 - 14:20  Vício no celular desde pequeno põe até a alfabetização em risco
12/09/2018 - 09:52  Sistema prisional do Estado terá ampliação de mais 3,2 mil vagas
12/09/2018 - 09:44  Planos de saúde são cobrados por uso de leitos de UTI da rede pública.
12/09/2018 - 09:43  Reajuste da tabela do frete onera insumos agropecuários de MS
11/09/2018 - 10:21  No Brasil, fome se estabiliza e 22% da população é obesa, segundo FAO
11/09/2018 - 09:38  Sonegação do FGTS cresce; trabalhador deve ficar atento para não perder benefício
11/09/2018 - 09:23  Mais da metade dos brasileiros não tem diploma do ensino médio, aponta OCDE
11/09/2018 - 09:16  Mato Grosso do Sul aumenta exportações em 22% em um ano
 
 
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE