PUBLICIDADE
Geral
Noticia de: 07 de Novembro de 2018 - 15:39
Com abertura de frigorífico de peixes, Dois Irmãos do Buriti quer atrair novas indústrias



 

Foto: Edemir Rodrigues

 

Com reabertura de frigorífico de peixes, Dois Irmãos do Buriti quer atrair novas indústrias

 
 

O Prefeito Edilson Zandona (PSDB)  confirmou a inauguração do Entreposto de Pescado Municipal que acontecerá no próximo dia 13 de novembro, dia da comemoração dos 31 anos de emancipação Dois Irmãos do Buriti.

“O evento vai acontecer as 16:00 hrs no núcleo industrial do município, e todos estão convidados a participarem deste ato de suma importância para o desenvolvimento de Dois Irmãos do Buriti “disse o Prefeito Edilson.

O Prefeito Edilsom Zandona (PSDB) , aposta em um novo momento para o município, com incremento na receita, oportunidades de empregos e diversificação da economia. “Em um momento de crise, estamos vivenciando um avanço muito significativo para nossa região com esses investimentos do Governo do Estado”, disse.

Segundo ele, em encontro com o governador Reinaldo Azambuja em janeiro deste ano, com a participação dos vereadores, o município elencou a reabertura do frigorífico de peixes como uma das suas prioridades.

“Agora, esse grande sonho tornou-se realidade, com o governador cumprindo compromisso conosco”, acrescentou Manguinha. “O mais importante disso tudo é dar emprego aos nossos jovens.”

Recursos e apoio técnico

Na semana passada, o governador Reinaldo Azambuja autorizou o repasse de R$ 405,8 mil à prefeitura de Dois Irmãos do Buriti, por meio do Fundo Estadual de Apoio à Industrialização (FAI), para a compra de equipamentos para o frigorífico, que volta a operar em fevereiro de 2019 com abate de uma tonelada/dia de pintado e pacu.

A unidade industrial pertence ao município e será operada pela empresa Pescado Buriti, que integra o bem sucedido Projeto Pacu. O gerente da indústria, Jonas Pereira, estima que a retomada das atividades vai gerar mais de 150 empregos diretos e indiretos e prevê a médio prazo abater seis toneladas/dia.

Por determinação do governador Reinaldo Azambuja, os órgãos estaduais de apoio técnico e inspeção – Iagro e Agraer – darão total assistência ao empreendimento, inclusive na abertura de novos tanques de piscicultura, e na elaboração do diagnóstico agroindustrial do município.

Atrair novas indústrias

A chegada da infraestrutura, com a pavimentação de um trecho da avenida principal da cidade e o acesso pela estrada vicinal até a entrada do frigorífico, obra em andamento com recursos (R$ 6 milhões) do Fundersul (Fundo de Desenvolvimento do Sistema Rodoviário de MS), era a benfeitoria tão esperada para atrair novos empreendimentos, segundo o prefeito.

“Já estamos planejando dobrar a área destinada às indústrias”, anunciou Manguinha, informando que a prefeitura pleiteia sete hectares de uma área do Estado para ampliar o núcleo, hoje com oito hectares.

Além do frigorífico de peixes, o núcleo industrial conta ainda com mais duas unidades do município, um frigorífico de bois, em pleno funcionamento, e um laticínio, que hoje produz apenas mussarela.

A empresa concessionária da unidade bovina já projeta investir R$ 1,5 milhão em 2018, ampliando o abate diário de 170 para 300 animais, e o município quer atrair indústria de sucos para beneficiamento dos 500 hectares de laranjas em cultivo na região.

Vai melhorar toda vida

“O asfalto garantido pelo governador vai atrair novas empresas e devemos estar preparados para a contrapartida”, pontuou Manguinha. Ele acrescentou que uma fábrica de material reciclável está em fase de implantação no município e abrirá mais 30 empregos.

Atualmente, o polo é o maior empregador, depois da prefeitura. São 80 vagas oferecidas pelo frigorífico de boi e agora mais 40 com o beneficiamento do peixe. O comércio contribui com mais 40 vagas.

A população local aguarda com muita expectativa a chegada de novas indústrias e a expansão do agronegócio puxado pelos grandes produtores e parceleiros de quatro assentamentos rurais, com os incentivos e investimentos do Governo do Estado.

“Vai melhorar toda vida com essa ajuda do nosso governador”, diz o morador Dorival Martins, 62, que trabalha de diarista. “A gente aqui carece muito de emprego, dois filhos meus foram trabalhar em Rio Brilhante e Nova Alvorada”, conta.

A dona de casa Maria Marcele Magalhães, 56, também está feliz com as boas notícias. “Emprego aqui é pouco”, observa ela, cujo filho de 20 anos trabalha de servente em uma obra. “O movimento está grande, tem asfalto novo e tão falando até na abertura do frigorífico de peixe”, comenta.

Fonte: Portal do MS

Foto: Edemir Rodrigues

principal  |  voltar  |  imprimir

Últimas Noticias

.
17/01/2019 - 14:52  Multa mínima para quem capturar Dourado em rios será de R$ 2,7 mil
17/01/2019 - 14:43  Técnicos substituirão professores a partir do dia 18 de fevereiro
17/01/2019 - 14:13  Como as empresas de tecnologia podem lucrar com suas fotos no #10YearsChallenge
17/01/2019 - 14:12  Prazo de inscrição para processo seletivo da Força Nacional termina amanhã
17/01/2019 - 14:09  Família da ministra Tereza Cristina tem conflito histórico com índios em MS
17/01/2019 - 09:05  Secretaria de Educação Informa que matriculas para ano letivo de 2019 estão abertas.
17/01/2019 - 08:34  Brasil bate recorde de mortes violentas em 2017
17/01/2019 - 08:33  Mais de 6,4 mil microempresas devem R$ 136 milhões à Receita
17/01/2019 - 08:27  Em 15 dias, cidade de MS lidera ranking de queimadas no Brasil
17/01/2019 - 08:22  Depois de decreto, dobra número de procura por armas em lojas
16/01/2019 - 11:10  Depois de fechar escolas, Estado agora faz corte de professores
16/01/2019 - 10:20  Em um ano, dobra emissão de porte de arma em Mato Grosso do Sul
16/01/2019 - 09:37  Inep divulga notas do Enem na sexta-feira
16/01/2019 - 08:29  Depois de fechar escolas, Estado agora faz corte de professores
15/01/2019 - 15:18  Obra sem fim, até remover pichação em titânio vira problemão no Aquário.
15/01/2019 - 15:14  MS tem o 2º maior número de terras com as demarcações em risco
15/01/2019 - 15:08  Com concessões vencidas, Estado elabora plano de transporte rodoviário
15/01/2019 - 14:27  Presidente do STJ regulamenta auxílio-moradia a juízes federais
15/01/2019 - 08:52  Falta de combustível para aviões prejudica agronegócio em MS
15/01/2019 - 08:51  MS ganha em fusão de empresas de celulose que somam R$ 79 bilhões
 
 
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE