PUBLICIDADE
Geral
Noticia de: 09 de Agosto de 2019 - 09:34
Gasto de MS com tornozeleira eletrônica passa para R$ 310 mil/mês



 
 

 
 

Aumentou para R$ 4,1 milhões, no prazo de 10 meses, o valor do contrato da Agepen (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário) com a empresa Space Com, para fornecimento de tornozeleiras eletrônicas, usadas no monitoramento de pessoas condenadas ou cumprindo medidas restritivas de liberdade em Mato Grosso do Sul. O valor, que foi definido em R$ 3,1 milhões teve reajuste de 11,22%, acréscimo de pouco mais de R$ 1 milhão.

A base de cálculo é o valor unitário do aluguel das tornozeleiras, incluído o sistema de monitoramento. O valor mensal do contrato passará dos atuais R$ 310.500,00 para
R$ 345.316,50. O valor por dispositivo eletrônico de monitoramento irá dos atuais R$ 230,00 para R$ 255,79.

O montante total refere a 1.350 tornozeleiras, previstas no contrato original. É o terceiro termo aditivo ao contrato. O extrato com a alteração, publicado no Diário Oficial desta quinta-feira (8) atribui o aumento ao cumprimento do contrato, que prevê reajuste anual dos valores pelo IGP-M, medido pela Fundação Getúlio Vargas. Esse acréscimo, conforme o texto, é correspondente ao período de maio de 1017 a maio de /2019, ou seja, 2 anos.

Diz o extrato do aditivo que os efeitos financeiros do reajustamento do contrato valem a partir da data de autorização do Secretário de Estado de Fazenda do Estado de Mato Grosso do Sul. A data informada é 18 de julho.

 “Presídio virtual” - Quando o contrato foi oficializado, em 26 de março do ano passado, a Agepen informou que os equipamentos integram ata de registro de preços para locação de duas mil tornozeleiras da empresa Spacecom. A empresa venceu processo licitatório.

Além de fornecer os equipamentos, a empresa precisa manter disponíveis um engenheiro e um coordenador técnico para dar suporte aos agentes penitenciários.

Há três anos, a Unidade Mista de Monitoramento Estadual centraliza em Campo Grande o controle de investigados e condenados que utilizam a tornozeleira eletrônica. Essas pessoas têm restrição de mobilidade e, quando saem da área permitida, soa um alarme e a polícia é acionada.

principal  |  voltar  |  imprimir

Últimas Noticias

.
21/08/2019 - 11:54  A 3 dias de competição, Rally dos Sertões muda visual na região central
21/08/2019 - 11:53  Mega-Sena pode pagar até R$ 31 mi nesta quarta
21/08/2019 - 11:42  Carretas batem de frente e deixam um morto na BR-163
21/08/2019 - 10:22  Homem é encontrado morto um dia após sair para caminhada
21/08/2019 - 10:19  Após ataques, polícia reforça a segurança no Jardim Carioca
21/08/2019 - 10:12  Governo perde metade da receita do ICMS do gás natural
21/08/2019 - 09:31  26° Sessão Ordinária na Câmara Municipal de Dois Irmãos do Buriti
21/08/2019 - 09:29  Reinaldo Azambuja participa de reunião do Corredor Bioceânico e recebe homenagem da Câmara
21/08/2019 - 09:17  Brasileiros são suspeitos de planejar atentado contra presidente do Paraguai
21/08/2019 - 09:10  TJ aprova recuperação judicial e Bigolin deve pagar R$ 29,6 milhões em dívidas
21/08/2019 - 09:07  Operação que prendeu integrante do PCC aconteceu após ameaças a PRF
21/08/2019 - 09:06  Quase meia tonelada de pasta base que saiu do MS é apreendida no Sul
21/08/2019 - 09:04  BNDES bancou compra do jatinho “Cheio de Charme”
20/08/2019 - 12:04  Sequestrador de ônibus é morto por atirador de elite na Ponte Rio-Niterói; os 37 reféns passam bem
20/08/2019 - 11:41  Ministro vem a MS para reunião sobre Corredor Bioceânico na quinta-feir
20/08/2019 - 11:36  BNDES financiou R$ 24 milhões em jatos a empresas com atuação em MS
20/08/2019 - 11:33  Adélio diz que esfaqueou Bolsonaro "após ouvir voz de Deus"
20/08/2019 - 10:11  Para CCR, chance de perder ação para revisão de contrato é “remota”
20/08/2019 - 10:08  Partidos de esquerda e centro articulam união para barrar radicais
20/08/2019 - 10:04  Equipe "X Rally Team": De olho no tetracampeonato
 
 
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE