PUBLICIDADE
Geral
Noticia de: 04 de Agosto de 2017 - 10:10
Indenizações por morte no trânsito aumentam 18% em Mato Grosso do Sul



 
 

Acidente que aconteceu na BR-262 em 5 de junho - Foto: Valdenir Rezende/Correio do Estado

 
 

Mato Grosso do Sul registrou alta de 18,43% no número de indenizações pagas pelo seguro obrigatório de veículos, o DPVAT, no primeiro semestre deste ano, em comparação com o mesmo período do ano passado.

Conforme boletim estatístico da Seguradora Líder-DPVAT, responsável pela operação do Seguro por Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre (DPVAT), de janeiro a junho de 2017 foram pagas 302 indenizações por mortes, contra 255 pagas em 2016.

Apesar do aumento nos casos de morte, número total de indenizações, que inclui despesas médico-hospitalares e invalidez permanente, teve redução neste primeiro semestre.

No total, foram 3.601 indenizações pagas pelo seguro neste primeiro semestre. Em 2016, de janeiro a julho foram pagos 4.230 pelo seguro.

Os casos de invalidez permanente representam a maioria das indenizações pagas pelo seguro DPVAT no período, com 2.852 pagamentos.

Apesar de ser maioria, casos registraram também a maior redução entre as naturezas pagas, com queda de -17,60% em comparação com o mesmo período do ano passado, quando foram 3.461 casos.

Despesas médicas foram responsáveis por 447 indenizações, redução de -13,04% frente à 2016, quando foram 514.

Pagamentos das indenizações são referentes às ocorrências no período e também em anos anteriores, considerando-se que o beneficiário tem o prazo de três anos para solicitar o seguro. 

Conforme dados do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), frota de Mato Grosso do Sul é de 1.424.931 veículos, sendo 724.337 automóveis, 458.370 motocicletas, 225.753 caminhões e picapes, 12.977 micro-ônibus, ônibus e vans e 3.494 ciclomotores.

BRASIL

Em todo o país, foram pagos 192.187 indenizações de janeiro a junho de 2017, incluindo casos de morte, invalidez permanente e despesas médico-hospitalares. O número é 9% menor que no primeiro semestre do ano passado, quando foram registradas 210.334 indenizações.

As indenizações envolvendo acidentes fatais no trânsito registraram aumento de 27%.No total, foram 19.367 indenizações pagas para herdeiros de vítimas fatais. Já o número total de indenizações por acidentes de trânsito caiu.

principal  |  voltar  |  imprimir

Últimas Noticias

.
23/08/2017 - 11:38  CONFIRA: divulgado gabarito do concurso para delegado de polícia civil em MS
23/08/2017 - 11:36  Naufrágio deixa ao menos sete mortos no Pará
23/08/2017 - 11:27  Anvisa planeja nova mudança nos rótulos de alimentos
22/08/2017 - 11:20  Reinaldo Azambuja decreta luto de três dias pela morte de Pedro Pedrossian
22/08/2017 - 11:12  Confira relação de projetos que vão receber R$ 4,5 milhões em bolsas de mestrado e doutorado em MS
22/08/2017 - 10:35   Artigo - Why should I care?
22/08/2017 - 10:05  APAEDIB divulga a Semana Nacional da Pessoa com Deficiência Intelectual e Múltipla.
21/08/2017 - 10:51  AGEHAB e Prefeitura de Dois Irmãos fazem parceria para escriturar imóveis.
18/08/2017 - 10:24  Blitz "Agosto Lilás" leva informação sobre como prevenir violência contra mulher
17/08/2017 - 10:13  Depois de lutar contra câncer no estômago, morre humorista Paulo Silvino
17/08/2017 - 10:02  Ninguém acerta as seis dezenas e prêmio da Mega-Sena vai a R$ 26 milhões
17/08/2017 - 09:59  Cursos gratuitos: confira as vagas disponíveis pela Escolagov que estão com inscrições abertas
17/08/2017 - 09:57  Implantação da CNH eletrônica será antecipada em todo o país
16/08/2017 - 10:15  Exército corta verbas para segurança na região de fronteira
13/08/2017 - 12:12  Mensagem aos Pais da Câmara de Dois Irmãos do Buriti.
13/08/2017 - 12:03  Mensagem do Prefeito Edilsom aos Dia dos Pais
11/08/2017 - 17:11  Secretaria de Educação emite mensagem pelo Dia do Estudante.
07/08/2017 - 11:09  Nova lei trabalhista: jornada pode chegar a 12 horas; veja o que muda
07/08/2017 - 10:58  Embrapa lança estudo para traça perfil do Pantanal
07/08/2017 - 08:51  Vereadora Roseli acompanha patrolamento no Assentamento Marcos Freire.
 
 
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE