PUBLICIDADE
Geral
Noticia de: 11 de Janeiro de 2019 - 08:30
Lei proíbe a pesca e comercialização do Dourado por cinco anos no Estado



 
 

Lei proíbe a pesca e comercialização do Dourado por cinco anos no Estado

 
 

Lei publicada hoje no Diário Oficial proíbe, pelo prazo de cinco anos, a captura, embarque, transporte, comercialização, processamento e industrialização do peixe da espécie Dourado em Mato Grosso do Sul. Em caso de flagrante, os infratores estão sujeitos à multa diária de até 1 mil Uferms e interdição do estabelecimento.

O Dourado - Salminus brasiliensis ou Salminus maxillosus – encontra-se nas bacias do Paraná, de São Francisco, do Rio Doce e do Paraíba do Sul, sendo nativo em Mato Grosso do Sul e outros sete estados.

Pela legislação, a captura está limitada a modalidade “pesque e solte”, dos exemplares criados em cativeiro e para consumo dos pescadores profissionais.

A multa, simples ou diária varia de 100 a 1 mil Uferms. Também está prevista a apreensão do produto ou subproduto da pesca, interdição total ou parcial do estabelecimento/atividade, suspensão da licença e cancelamento desse registro, em caso de reincidência.

O projeto que restringe pesca e comercialização do Dourado foi aprovado em em 2ª discussão dezembro de 2018. A matéria foi rejeitada em 2017, mas foi apresentada novamente em fevereiro e, em novembro, foi aprovada em 1ª discussão. O projeto é de autoria do deputado Beto Pereira (PSDB). Com a restrição da pesca, a ideia é que duas gerações de peixe da espécie Dourado sejam ‘criadas’.

principal  |  voltar  |  imprimir

Últimas Noticias

.
24/06/2019 - 11:55  Delegado titular é preso após sumiço de 100 kg de cocaína; 9 já foram detidos
24/06/2019 - 11:53  Enquanto se discute a água, flutuação lidera visitas em Bonito
24/06/2019 - 11:52  Rombo da previdência estadual aumentará 50% no próximo ano
24/06/2019 - 11:51  Sabia que você ouve com o cérebro e não com os ouvidos?
24/06/2019 - 11:08  1° Campanha do Agasalho no Distrito de Palmeiras
24/06/2019 - 10:08  Traficante foge por milharal e abandona meia tonelada de maconha
24/06/2019 - 10:05  Trump diz que pode começar "grande deportação" em duas semanas
24/06/2019 - 09:59  Baleado pelo pai, jovem foge da Santa Casa com bala alojada no peito
24/06/2019 - 09:56  Jogos de hoje definem adversário do Brasil nas quartas de final
24/06/2019 - 09:48  Produção de Brangus comercial se consolida entre pecuaristas de MS
24/06/2019 - 09:45  Advogado defendeu esfaqueador de Bolsonaro de graça
24/06/2019 - 09:41  Estudante de Biologia desenvolve importante pesquisa sobre algas em Aquidauana
24/06/2019 - 09:37  Homem é executado a tiros durante festa junina na fronteira
24/06/2019 - 09:35  Investe Turismo será lançado em Bonito com recursos garantidos a MS
24/06/2019 - 09:29  Morre jornalista da TV MS Letícia Alves
24/06/2019 - 09:20  Homem de 55 anos morre engasgado após jantar
24/06/2019 - 08:59  Quina de São João pode pagar R$ 140 milhões; Mega-Sena acumula
24/06/2019 - 08:58  Última semana para licenciar de veículos com placas com final 4 e 5 em MS
24/06/2019 - 08:57  Homem é preso depois de xingar vizinho e ofender policiais militares em Aquidauana
19/06/2019 - 13:15  Governo equipa Polícia Ambiental para reforçar fiscalização nos rios de MS
 
 
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE