PUBLICIDADE
Geral
Noticia de: 27 de Novembro de 2018 - 15:22
MEC repassa R$ 1,8 milhão para custeio do Ensino Médio integral no Estado.



 
 

Escola de tempo integral do governo estadual; MEC garantiu aporte de recursos para o setor.

 
 

Mato Grosso do Sul receberá R$ 1,8 milhão do governo federal em recursos para o Programa de Formação às Escolas de Ensino Médio em Tempo Integral, dentro de um repasse de R$ 99 milhões oficializado pelo MEC (Ministério da Educação) no Diário Oficial da União a todos os Estados – com exceção de Mato Grosso. O montante será complementação do pagamento da primeira parcela de recursos correspondentes a 2019, segundo informou o MEC, sendo referentes à a decisão de 2017 e 2016 do programa.

Os valores deverão ser direcionados para despesas com a manutenção de escolas de Ensino Médio que operam em regime integral –desde remuneração e aperfeiçoamento de professores e outros profissionais à compra, manutenção, construção e conservação de instalações, bens e equipamentos de ensino. Os valores também poderão ser aplicados em atividades-meio necessárias ao funcionamento dos sistemas de ensino, compra de material didático e no transporte escolar.

A confirmação do repasse foi reforçada nesta terça-feira (27) pelo MEC. No ensino integral, alunos permanecem na escola por sete horas diárias –hoje, a maioria dos estudantes permanece entre quatro e cinco horas em ambientes escolares. Em 2019, Mato Grosso do Sul terá 24 escolas estaduais operando nessa modalidade.

O PNE (Plano Nacional de Educação) tinha entre suas metas garantir que essa modalidade de ensino esteja disponível em, no mínimo, 50% das escolas públicas, atendendo a pelo menos 25% dos alunos da Educação Básica até 2014. Em 2018, a modalidade chegou a 40,1% das escolas públicas e 15,5% das matrículas, conforme o MEC.

principal  |  voltar  |  imprimir

Últimas Noticias

.
17/01/2019 - 14:52  Multa mínima para quem capturar Dourado em rios será de R$ 2,7 mil
17/01/2019 - 14:43  Técnicos substituirão professores a partir do dia 18 de fevereiro
17/01/2019 - 14:13  Como as empresas de tecnologia podem lucrar com suas fotos no #10YearsChallenge
17/01/2019 - 14:12  Prazo de inscrição para processo seletivo da Força Nacional termina amanhã
17/01/2019 - 14:09  Família da ministra Tereza Cristina tem conflito histórico com índios em MS
17/01/2019 - 09:05  Secretaria de Educação Informa que matriculas para ano letivo de 2019 estão abertas.
17/01/2019 - 08:34  Brasil bate recorde de mortes violentas em 2017
17/01/2019 - 08:33  Mais de 6,4 mil microempresas devem R$ 136 milhões à Receita
17/01/2019 - 08:27  Em 15 dias, cidade de MS lidera ranking de queimadas no Brasil
17/01/2019 - 08:22  Depois de decreto, dobra número de procura por armas em lojas
16/01/2019 - 11:10  Depois de fechar escolas, Estado agora faz corte de professores
16/01/2019 - 10:20  Em um ano, dobra emissão de porte de arma em Mato Grosso do Sul
16/01/2019 - 09:37  Inep divulga notas do Enem na sexta-feira
16/01/2019 - 08:29  Depois de fechar escolas, Estado agora faz corte de professores
15/01/2019 - 15:18  Obra sem fim, até remover pichação em titânio vira problemão no Aquário.
15/01/2019 - 15:14  MS tem o 2º maior número de terras com as demarcações em risco
15/01/2019 - 15:08  Com concessões vencidas, Estado elabora plano de transporte rodoviário
15/01/2019 - 14:27  Presidente do STJ regulamenta auxílio-moradia a juízes federais
15/01/2019 - 08:52  Falta de combustível para aviões prejudica agronegócio em MS
15/01/2019 - 08:51  MS ganha em fusão de empresas de celulose que somam R$ 79 bilhões
 
 
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE