PUBLICIDADE
Geral
Noticia de: 14 de Setembro de 2018 - 10:04
Obras não avançam, mas tarifa de pedágio aumenta R$ 0,10 hoje



 
 

ANTT autorizou aumento de 0,73% nas tarifas de pedágio - Foto: Álvaro Rezende / Correio do Estado

 
 

Mesmo sem cumprir as metas de duplicação da BR-163 previstas na concessão da rodovia, a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) autorizou a CCR MSVia – Concessionária de Rodovia Sul-Mato-Grossense – a cobrar 0,73% mais nas tarifas de pedágio em quatro praças, a partir de hoje.

O porcentual representa aumento de R$ 0,10 para carros de passeio, chegando a R$ 0,60 para caminhões com seis eixos.  Em outras cinco praças, a tarifa foi mantida nos mesmos valores. No entanto, a diferença por causa do arredondamento feito – que congelou a tarifa em cinco praças – será cobrada em 2019.

O ajustamento seria maior, mas houve um desconto de 4,43% sobre o reajuste com base na inflação de 5,01% dos últimos 12 meses, por causa do descumprimento das obras de duplicação de 193,5 quilômetros da via e por deixar de realizar  72 obras na rodovia. Isso reduziu o aumento relacionado à inflação para 0,58%.

De acordo com a ANTT, por força de lei, a autarquia “realiza, anualmente, o reajuste e a revisão ordinária das tarifas de pedágio das rodovias federais concedidas. Essas alterações tarifárias são aplicadas no aniversário do início da cobrança de pedágio”.

A agência ressaltou que as alterações de tarifa são calculadas levando-se em consideração três itens. O primeiro refere-se ao reajuste que corrige monetariamente os valores da tarifa ao aplicar a variação do Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), que é a inflação.

Também é feita a revisão tarifária, que tem objetivo de “recompor o equilíbrio econômico-financeiro celebrado no contrato de concessão, quando são feitas as compensações, na tarifa de pedágio, por descumprimentos ou postergação de cláusulas contratuais, caso existam”.

* Correio do Estado:

principal  |  voltar  |  imprimir

Últimas Noticias

.
19/03/2019 - 11:36  Falta saneamento básico para 2 bilhões de pessoas no mundo, diz ONU
19/03/2019 - 10:33  Brasil e EUA assinam acordo que permite uso comercial de Alcântara
19/03/2019 - 10:11  Obra do Reviva pode ter aditivo milionário
18/03/2019 - 15:46  MS dobrará exportações de produtos por hidrovia
18/03/2019 - 15:44  PDV pode ser encaminhado amanhã para Assembleia
18/03/2019 - 12:31  Eder Aguiar, Presidente Vereador da Câmara Municipal, visita o Secretário da AGRAER.
18/03/2019 - 10:35  Mais de 80% dos turistas aprovam atrativos, gastronomia e segurança pública de MS
18/03/2019 - 10:32  Pedreiro persegue mulher, a derruba e a mata com machadinha
18/03/2019 - 10:13  Mulher, marido e filha morrem em acidente de trânsito na BR-060
18/03/2019 - 10:02  Em duas décadas, lagos do Amor e de parque podem desaparecer
16/03/2019 - 16:50  Ex-coordenador Funai e Ex-Ministro entrega veículo para CTL de Sidrolandia.
15/03/2019 - 11:39  Sexta-feira com risco de tempestade em quase todo o MS, diz Inmet
15/03/2019 - 11:10  Filho é estuprado no banheiro de escola e mãe ouve de direção que nada teria acontecido
15/03/2019 - 10:06  Santa é queimada pela 2ª vez e criador de capela acredita que seja pessoal
15/03/2019 - 09:39  Secretaria Municipal de Educação em parceria com o SENAR/MS e Sindicato Rural oferece aos ...
14/03/2019 - 16:08  Tribunal nega recurso de fazendeiros e mantém índios em área de conflito
14/03/2019 - 16:07  Ar-condicionado é o vilão pelo aumento da conta de luz, diz Aneel
14/03/2019 - 10:06  Veículo cai em corrégo e motorista escapa sem ferimentos
14/03/2019 - 09:27  Instituto Ranking em Dois Irmãos do Buriti: pesquisa administrativa e eleição 2020
13/03/2019 - 16:29  Prefeito confirma Herbert Assunção como secretário da Sedesc
 
 
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE