PUBLICIDADE
Economia
Noticia de: 04 de Dezembro de 2017 - 10:18
Reforma da Previdência estadual começa a valer no dia primeiro de maio



 
 

Reforma da Previdência estadual começa a valer no dia primeiro de maio

 
 

A reforma da Previdência dos servidores de Mato Grosso do Sul foi publicada no Diário Oficial desta segunda-feira (4) e as novas regras começam a valer no dia 1º de maio.

Dentre as principais mudanças está o reajuste da alíquota, de 11% para 14% para salários acima de R$ 5,5 mil. Também teve alteração na alíquota patronal que, a partir do ano que vem, será de 25%. Hoje, o valor desta contribuição é de 22%.

Outra mudança é em relação ao teto, que vai se manter igual ao do INSS, que hoje é de R$ 5.531,00. Os servidores que tiverem intenção de se aposentar com valor superior, terão de pagar uma complementação, privada ou do Estado.

A reforma prevê a recomposição do saldo do fundo previdenciário por meio da vinculação dos recursos provenientes do acréscimo da contribuição dos poderes.

A Agência de Previdência Estadual vai centralizar todo o processo de concessão das aposentadorias. Antes da reforma, cada Poder era responsável por fazer esse procedimento e a agência apenas administrava quem já estava aposentado.

Representantes de sindicatos dos servidores aguardavam pela publicação do texto da reforma para acionar a Justiça.

Eles querem reverter o projeto, especialmente no que se trata da extinção da massa segregada que, cria um fundo previdenciário único e permite ao governo do Estado usar esse dinheiro para o pagamento do 13º dos servidores, por exemplo.

OPOSIÇÃO

Deputados estaduais entregaram, no dia 30 de novembro, requerimento solicitando abertura de auditoria nas aposentadorias dos servidores estaduais, além do levantamento dos imóveis das agências da Previdência que já foram extintas.

A intenção é descobrir a origem do deficit apontado pelo Estado. Isto porque não existe consenso em relação aos valores. Enquanto o governo apresenta valor de R$ 1,2 bilhão por ano, o Fórum dos Servidores de Mato Grosso Sul fala que o rombo é de R$ 400 milhões.

principal  |  voltar  |  imprimir

Últimas Noticias

.
16/10/2018 - 09:52  Celulose e carnes provocam aumento de 23% nas exportações de MS
16/10/2018 - 09:41  Setor de serviços avança 1,2% e tem melhor agosto desde 2011, aponta IBGE
09/10/2018 - 10:17  Produção industrial cai em agosto em 6 dos 15 locais pesquisados pelo IBGE
09/10/2018 - 09:44  Novas indústrias irão gerar 500 empregos em Mato Grosso do Sul
02/10/2018 - 10:07  Soja bate R$ 84 e acelera venda antecipada do grão no Estado
01/10/2018 - 16:08  Três a cada quatro idosos usam exclusivamente o SUS, diz estudo
01/10/2018 - 15:31  Prefeitura de Dois Irmãos do Buriti realiza audiência pública da Lei Orçamentária Anual.
01/10/2018 - 09:32  Busca por consignado cresce e chega a R$ 5,7 bilhões no Estado
28/09/2018 - 11:00  IBGE confirma MS como 4º maior rebanho de bovinos
27/09/2018 - 09:15  Consumidores de MS buscam R$ 1,2 bilhão em empréstimos
26/09/2018 - 11:42  Consignado com FGTS pode ajudar 484 mil trabalhadores em MS
21/09/2018 - 10:31  Prévia da inflação oficial fica em 0,09% em setembro, aponta IBGE
19/09/2018 - 15:47  Dia das crianças deve movimentar R$ 130 milhões em Mato Grosso do Sul
17/09/2018 - 14:38  Economia brasileira cresceu 0,57% em julho, diz Banco Central
10/09/2018 - 11:53  Reforma da pista do aeroporto de Bonito custará R$ 4 milhões a MS
10/09/2018 - 10:43  Projeção da inflação cai de 4,16% para 4,05% este ano
10/09/2018 - 10:06  Receita abre consulta ao 4º lote de restituição do IR nesta segunda
03/09/2018 - 10:47  Receita do Estado avança 18% e soma R$ 1,2 bi a mais até julho
27/08/2018 - 09:17  População já pagou R$ 703 milhões em impostos em Campo Grande
23/08/2018 - 09:42  Conta de luz vai ficar 24,42% mais cara em cinco cidades de Mato Grosso do Sul
 
 
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE